Mulher é presa após bater na filha com paralisia cerebral

- PUBLICIDADE -

Ontem (05), uma mulher foi presa acusada de agredir a filha deficiente de 21 anos. O caso ocorreu em Santo Antônio de Posse, no interior paulista.

Segundo as autoridades da cidade, a Polícia Militar chegou até a Rua Ângela Becari Felipe, no Jardim Becari, após receber denúncia através de vídeos feitos por vizinhos. No local, a mulher estava embriagada e permitiu a entrada dos policiais na residência, onde após constatada a denúncia, acabou presa em flagrante.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A polícia explicou que a vítima tinha lesões no rosto e estava com o nariz e a boca sangrando. Nervosa, a jovem, que tem paralisia cerebral e não consegue verbalizar, estava muito agitada e só gritava. Ela havia acabado de ser agredida e foi levada para o Pronto Socorro da cidade, de onde encaminhada para a Santa Casa Anna Cintra, em Amparo, para exames complementares.

Uma tia da vítima apresentou intenção de cuidar da jovem após a liberação do hospital.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir