Eita! Ex-BBB Pyong Lee revela que mandava nudes “até mostrando o rosto”

- PUBLICIDADE -

O ex-BBB20 Pyong Lee resolveu abrir o jogo sobre fotos ‘calientes’ e revelar que enviava nudes [fotos pelado] para companheiras. Em entrevista ao youtuber Matheus Massafera, o hipólogo mostrou um pouco de seu lado picante, mas sem dar muitos detalhes sobre sua vida sexual.

Ex-BBB Pyong Lee abre o jogo sobre intimidade
Ex-BBB Pyong Lee abre o jogo sobre intimidade – Foto: Globo

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Durante a brincadeira ‘Eu Nunca’, Pyong Lee admitiu que costumava mandar nudes, mas garantiu que hoje em dia não compartilha suas fotos ousadas.

  • Fique por dentro das últimas fofocas das celebridades, notícias de entretenimento e tudo sobre os reality shows em nosso GRUPO DE FOFOCAS DO FACEBOOK. Clique aqui e faça parte!

“Quando era algo mais sério, eu mandava e mandava até mostrando o rosto. Mas é perigoso, nunca mais fiz. As pessoas invadem celulares e computadores, pegam fotos de artistas e divulgam. Imagina só?”, pondera o ex-BBB20.

Sem muitos detalhes e bem direto nas respostas, Pyong Lee contou que já ficou com três pessoas em uma mesma noite e até pediu para fazer sexo a três. Contudo, ele não revelou quando e nem os sexos dos outros participantes.

O Hipólogo também admitiu já ter tomado um ‘fora’. “Duvido que um ser humano depois da adolescência não tenha levado um fora na vida. Duvido”, questionou. Pyong Lee também assumiu ter recebido um beijo grego e  garantiu nã ter se relacionado com alguém do mesmo sexo.

  • Fique por dentro das últimas fofocas das celebridades, notícias de entretenimento e tudo sobre os reality shows em nosso GRUPO DE FOFOCAS DO FACEBOOK. Clique aqui e faça parte!

Sobre o BBB20, Pyong Lee contou que gostou da experiência e admitiu que toparia outro reality show, o Power Couple, da Record, ao lado de sua esposa Sammy. A digital influencer, inclusive, revelou que não participará desta edição de A Fazenda 2020.

Descendente de sul coreanos, Pyong Lee também abordou a questão do preconceito contra pessoas de outras origens nacionais ou com diferentes culturas.  “Passo por isso desde a infância. Lá atrás, oriental era uma coisa nova, todo mundo achava que éramos japoneses, que foram os primeiros a chegar aqui. No colégio só tinha brasileiro e eu era o diferentão.”

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir