Ex-BBB Gizelly detalha relacionamento abusivo e automutilação: “Comecei a me cortar”

- PUBLICIDADE -

A ex-BBB20 Gizelly Bicalho contou à apresentadora Márcia Goldschmidt que viveu um relacionamento abusivo durante quatro anos. Em live realizada na última quarta-feira (13), a advogada detalhou algumas situações que enfrentou durante este período, como a depressão e automutilação.

Ex-BBB20 Gizelly detalha relacionamento abusivo
Ex-BBB20 Gizelly detalha relacionamento abusivo – Foto: Globo

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

  • Fique por dentro das últimas fofocas das celebridades, notícias de entretenimento e tudo sobre os reality shows em nosso GRUPO DE FOFOCAS DO FACEBOOK. Clique aqui e faça parte!

“Não sabia o que era um relacionamento abusivo. Um dia, vi na TV um conteúdo sobre o tema. Comecei a dar ok na minha lista mental de como era, liguei para uma amiga psicóloga e ela me confirmou. A gente tem que ter um despertar, um acordar para o tema”, detalhou Gizelly.

Em outro momento da live, a ex-BBB20 contou que durante os surtos ocasionados pelo relacionamento abusivo chegou a realizar a automutilação. “Comecei a me cortar com as unhas porque já estava no fundo do poço. Comecei a gritar, chorar, rolar no chão e me cortar. Foi naquele dia que eu falei ‘acabou’ [o relacionamento]”.

Primeiros sinais

A advogada disse como começaram os primeiros sinais de que vivia um relacionamento abuso. “Comecei a abandonar a família, ficar só com a pessoa. Quando você vê, fala meu Deus! O que estou fazendo na minha vida? E foi um despertar assim que eu consegui sair correndo, mas muita gente não consegue”, explicou.

  • Fique por dentro das últimas fofocas das celebridades, notícias de entretenimento e tudo sobre os reality shows em nosso GRUPO DE FOFOCAS DO FACEBOOK. Clique aqui e faça parte!

A ex-BBB relembrou que viajava para encontrar o então namorado, que morava em outra cidade, mas quando eles se viam, o rapaz a menosprezava, não lhe dava atenção e ainda por cima debochava dela: “Ele ria da minha cara e questionava porque estava chorando”. A advogada também contou que, devido as críticas feitas pelo rapaz aos seus seios, fez uma operação para “levantar o peito”.

“No outro ano, eu tive depressão e as pessoas me perguntavam: ‘por que você teve depressão? Formada, com diploma, carro e bonita’. Eu perguntava de volta: ‘Como você não teve depressão antes? Sobreviveu até hoje?'”, questionava Gizelly aos amigos e familiares.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir