Na Rússia, mulher ganha indenização após perder virgindade em exame médico

.

- PUBLICIDADE -

Foto: Arquivo

Após rompimento do hímen durante exame ginecológico, uma mulher de 29 anos, foi indenizada com cerca de R$2.500, em Novosibirsk, na Rússia.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Senti dor durante o exame e vi sangue na luva da médica. Ela então disse que o meu hímen tinha sido parcialmente rompido”, disse a vítima.

De acordo com o Siberian Times, a jovem é cristã devota e acabou ficando sem o noivo por causa disso.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir