O Brasil deve sediar mais um Mundial de Futebol em 2019, com a seleção feminina

- PUBLICIDADE -

Sede da Copa do Mundo em 2014, o Brasil pode, em breve, receber outro Mundial de futebol. Nesta segunda-feira, durante o anúncio da criação do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, na sede da CBF, no Rio de Janeiro, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, revelou que pensa em trazer a Copa da modalidade para o Brasil.

A ideia ainda é embrionária, mas Aldo Rebelo disse que já ter falado sobre a possibilidade com o presidente da Fifa, Joseph Blatter. A candidatura do Brasil seria para 2019, uma vez que a Copa do Mundo de 2015 será no Canadá.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

– Já falei com o Blatter sobre o assunto. É só uma ideia. O Brasil ainda teria que se candidatar e teria muito trabalho pela frente. Mas acho que seria uma forma de apoiar a modalidade no Brasil. Estamos criando o Campeonato Brasileiro. A Copa do Mundo seria uma maneira de a Fifa também incentivar o futebol feminino no país – disse Aldo Rebelo.

Nesta segunda-feira, a CBF e o ministério do Esporte anunciaram a criação do Campeonato Brasileiro de futebol feminino. A competição, que começa na próxima quarta-feira, terá 20 clubes, divididos em quatro grupos. O torneio será disputado até dezembro e conta com o patrocínio de R$ 10 milhões da Caixa Econômica Federal.

Essa será a segunda competição oficial de futebol feminino no Brasil. Antes, havia apenas a Copa do Brasil.

Confira os grupos do Campeonato Brasileiro

Grupo 1: Francana (SP), Rio Preto (SP), Duque de Caxias (RJ), Centro Olímpico (SP) e América (SP).
Grupo 2: Vasco (RJ), Asscoop (DF), ADI Foz (PR), Kindermann (SC) e São José (SP).
Grupo 3: Vitória de Santo Antão (PE), Caucaia (CE), São Francisco (BA), Mixto (MT) e Botafogo (PR).
Grupo 4: Tiradentes (PI), Viana (MA), Tona Luso (PA), Iranduba (AM) e Pinheirense (PA).

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir