FIFA define os cabeças de chave da Copa do Mundo no Brasil

- PUBLICIDADE -

A Copa de 2014 terá como cabeça de chave uma seleção que esteve presente em só três Mundiais nos últimos 47 anos e que nunca conseguiu ir além das quartas de final.

A Suíça assegurou lugar entre os oito privilegiados no sorteio que vai definir as chaves da competição ao derrotar a Eslovênia por 1 a 0. A vitória fará com que a equipe europeia apareça entre as sete primeiras colocadas no ranking da Fifa, que será divulgado na quinta.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A classificação na lista de seleções no meio de outubro de 2013 foi o critério definido pela entidade para escolher os cabeças de chave da edição brasileira do Mundial.

Segundo a ferramenta de projeção de pontos existente no site da Fifa, Espanha, Argentina, Alemanha, Bélgica e Colômbia, além do Brasil (país-sede), também encabeçarão grupos.

Se for ao Mundial, o Uruguai gozará do benefício, já que bateu a Argentina na terça-feira, em casa, por 3 a 2. Os uruguaios ainda vão disputar a repescagem contra Jordânia.

Caso a seleção do técnico Óscar Tabárez não consiga a classificação, a Itália, tetracampeã mundial, e a Holanda, vice em 2010, vão herdar esse direito.

As duas seleções aparecerão na próxima edição do ranking com 1.136 pontos. A Fifa não revela a casa decimal das pontuações, qual dos dois países está na frente e ficará com o posto caso o Uruguai fracasse nas eliminatórias.

Ser cabeça de chave dá à equipe o privilégio de não enfrentar os outros favoritos, em tese os adversários mais fortes, na primeira fase da Copa.

Mas, com a decisão da Fifa de estabelecer os melhores colocados do ranking como os cabeças de chave, é possível que o Mundial de 2014 reserve até mais de um “grupo da morte”, como são chamadas as chaves em que seleções candidatas ao título se enfrentam logo no início do Mundial.

O Brasil, por exemplo, pode ter em seu grupo seleções como Holanda, Itália ou Inglaterra.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir