MUNDIAL SUB-23 MASCULINO: Brasil vence a Bulgária e se classifica para as semifinais

- PUBLICIDADE -

UBERLÂNDIA, 09.10.2013 – A vitória sobre a Bulgária, até então única equipe do Grupo A sem perder sets, era tudo que o Brasil precisava para garantir a classificação para as semifinais do Campeonato Mundial Sub-23 masculino de vôlei. E, nesta QUARTA-FEIRA (09.10), a equipe comandada pelo técnico Rubinho chegou ao quarto resultado positivo na competição, desta vez, por 3 sets a 0 (21/19, 21,14 e 21/19), em 1h05 de jogo realizado na Arena Sabiazinho, em Uberlândia (MG).

Com grande atuação e, com todos em noite inspirada, a seleção brasileira superou os búlgaros de forma incontestável. O oposto Rafael teve mais um bom desempenho e foi o maior pontuador do confronto, com 16 pontos (nove de ataque, seis de bloqueio e um de saque). O ponteiro Ary, que substituiu o capitão Lucarelli, poupado com leve desconforto na panturrilha, marcou 11 vezes e o outro ponteiro do Brasil, Lucas Loh, 10.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A atuação recebeu elogios do exigente Rubinho. “Taticamente nós fomos muito bem, traçamos um plano e realmente cumprimos a risca. Hoje, tivemos um grau de acerto muito grande dentro do que prevíamos”, disse o técnico da seleção brasileira, que explicou a ausência de quem, até o início da competição, era considerado por grande parte da torcida como peça indispensável para as vitórias.

“O Lucarelli há duas partidas sofreu uma joelhada do Thiaguinho na panturilha e está dolorido, por isso achamos melhor poupá-lo. Era importante não arriscar neste momento, uma vez que ainda teremos três jogos no momento em que precisaremos de força total. A nossa meta é vencer o campeonato”, afirmou Rubinho.

O ponteiro Ary lamentou a situação do companheiro de equipe, mas destacou o valor do treinador ter todo o grupo à disposição. “O Lucarelli é um jogador fundamental, é o capitão, mas é importante mantermos atletas preparados para conseguir suprir a falta que ele faz. Hoje, entramos com a cabeça boa, estudamos bastante o adversário para fazermos uma boa marcação e tudo que foi mandado pelo Rubinho”, comentou Ary.

Para o central Otávio, o time soube como trabalhar para conseguir o resultado positivo diante da Bulgária. “Essa vitória foi muito importante para termos maior tranquilidade no jogo de sexta. Valeu muito o empenho de todos. Estamos sem o Lucarelli, que é uma peça importante, mas o grupo está muito unido. Soubemos ter tranquilidade e trabalhar as jogadas, bater com força quando era necessário e aliviar no momento certo”, disse Otávio.

O Brasil soma, agora, quatro vitórias no Mundial Sub-23. Na estreia, bateu a República Dominicana por 3 sets a 0; depois virou sobre a Argentina e venceu por 3 a 2, levou a melhor sobre o Egito, novamente por 3 sets a 0, e, nesta noite, derrotou a Bulgária.

A competição terá uma folga na tabela nesta QUINTA-FEIRA (10.10) e voltará na próxima SEXTA (11.10), quando a seleção brasileira enfrentará a Tunísia, às 19h, novamente na Arena Sabiazinho. A rodada definirá a ordem de classificação para a próxima fase.

Logomarca da CBV - Confederação Brasileira de Vôlei

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir