XV perde para a Ferroviária, no Barão, neste sábado (18)

.

- PUBLICIDADE -

Foto: Vitor Prates / XV

O XV de Piracicaba enfrentou a Ferroviária na tarde deste sábado, 18, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra, pela quinta rodada do grupo 2 da Copa Paulista, e foi surpreendido pelos visitantes, que venceram por 3 a 1. Com isso, o Nhô Quim caiu para a quinta colocação (sem computar o resultado entre Red Bull e Rio Claro), com cinco pontos ganhos. O próximo compromisso do Alvinegro, que folga na rodada seguinte, será no outro sábado, 25, no Dr. Augusto Schimidt Filho, diante do Rio Claro, dono da casa, às 15h00.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O jogo

Foram dois tempos distintos em Piracicaba. No primeiro, o XV começou indo para cima e exigiu defesas de Gabriel Leite, logo com um minuto, depois de arremesso lateral de Danilo Melega e cabeçada de Rafael Rosa, e dois minutos depois, em forte chute de Cássio Gabriel da entrada da área. O Nhô Quim ainda chegou ao gol adversário duas vezes antes que a Ferroviária desse seu primeiro susto na torcida quinzista.

Fraga, aos cinco minutos, pegou rebote fora da área, dominou no peitou e mandou a bola por cima do gol.  Já aos nove minutos, Mario Sérgio levantou para Rafael Rosa, que cabeceou para fora, com muito perigo. Aos 20 minutos, Felipe Ferreira arriscou de longe e a bola passou próxima ao travessão da meta defendida por Leonardo. Dois minutos depois, no entanto, o Alvinegro abriu o placar.

Romarinho fez linda inversão de jogo para Samuel, que dominou a bola dentro da área e tocou para Cássio Gabriel empurrar para o fundo das redes. O time de Araraquara, porém, conseguiu o empate ainda na etapa inicial, depois de boa jogada individual pelo lado direito de ataque que terminou em cabeçada de Luis Henrique, deixando tudo igual. O segundo tempo foi de predomínio da Ferroviária, com destaque para o atacante Tom.

Aos seis minutos, o atleta afeano, de fora da área, colocou a bola no ângulo esquerdo do arqueiro do XV, virando o marcador. Pouco depois, o árbitro assinalou toque de mão de Mario Sérgio dentro da área. Pênalti que Tom, aos 18 minutos, não desperdiçou, aumentando a vantagem para a Ferroviária. O técnico Fahel Júnior fez as três alterações que tinha direito, visando colocar o Nhô Quim mais à frente, mas os três pontos ficaram mesmo com a AFE.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir