Cachorra morre abraçada ao dono assustada com queima de fogos de artíficio

- PUBLICIDADE -

Uma cachorra morreu abraçada ao dono após sofrer um ataque cardíaco em decorrência da queima de fogos de artifícios na pequena cidade de Esquel, na Argentina. O caso ocorreu no último sábado (14), conforme contou Antonella Modasjazh, matriarca da família, em seu Facebook.

Foto: Divulgação.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A cachorrinha era chamada de Magui e era super bem tratada por todos os familiares; aliás, ela era o xodó da casa. De acordo com a própria Antonella, enquantos todos se divertiam durante o jogo, Magui passava mal. Por conta disso, a cachorrinha morreu nos braços do filho de Antonella, que tentou de todas as formas confortá-la. “Ela já era velhinha e tinha muito medo de fogos de artifício”, escreveu Antonella.

A família conta ainda que tentou entrar em contato com todos os veterinários de Esquel, mas sem sucesso. Ninguém atendeu ao telefone.

A postagem foi feita na página da ADAE (Amigos Delos Animales Esquel), uma organização de proteção aos animais da cidade, e teve bastante repercussão. Nesta quarta-feira (18), a postagem já alcançava mais de 3,8 mil curtidas, mais de 600 comentários e mais de 14 mil compartilhamentos.

“Manifestamos todo nosso repúdio àqueles que causaram esta dor [ao animal] e nos solidarizamos com a família de Magui neste duelo inesperado e injusto. O que mais tem que acontecer para que entendam que isso é errado?”, questionava a postagem.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir