Após participar de estupro coletivo, índio é preso em alojamento da Unicamp

- PUBLICIDADE -

Nesta sexta-feira (03), um índio foi preso acusado de estuprar uma adolescente de 15 anos em uma aldeia de Avaí (SP). A prisão foi realizada na moradia da Unicamp, em Campinas (SP).

 

Foto: Polícia Civil

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com a Polícia Civil, o estupro foi coletivo e mais três indivíduos que participaram da ação foram presos na última terça-feira (30). Os quatro índios e a adolescente são moradores da aldeia Kopenoti, na reserva de Araribá.

Segundo o delegado Giuliano Travain, da Polícia Civil de Bauru, que comandou as investigações, o estupro coletivo ocorreu em fevereiro e o inquérito da Polícia Civil já está concluído.

O último indivíduo deve ficar preso em Centro de Detenção Provisória (CDP) da região da Campinas até o julgamento.

  • MAIS NOTÍCIAS DE CAMPINAS – Veja outras notícias de Campinas em nosso site, clique aqui e leia.
Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir