Câmara Municipal de Campinas abre CPI da merenda

- PUBLICIDADE -

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da merenda de autoria do vereador Nelson Hossri, que contava com nove assinaturas, recebeu agora a retirada do vereador Fernando Mendes (PRB). Para ser instaurada, a CPI precisa contar com assinatura de 11 vereadores, mas até agora o processo conta com oito assinaturas.

Foto: Legenda

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O pedido de abertura da CPI da merenda foi feito em novembro do ano passado pelo vereador Nelson Hossri após uma denúncia apresentada pelo MPF (Ministério Público Federal) contra o prefeito de Campinas (SP). Para Nelson, a CPI permite que os vereadores cumpram seu papel de fiscalizar e investigar os atos do Poder Executivo.

O prefeito Jonas Donizette é acusado de dispensa indevida de licitação e desvio de verbas do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) em proveito de terceiros. A estimativa é que cerca de R$ 2,8 milhões foram desviadas por superfaturamento na compra de itens para a merenda escolar.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir