Casal diz que vai processar parque por falha na montanha russa

- PUBLICIDADE -


imagesO parque de diversões Hopi Hari está novamente nas manchetes policiais.
Dessa vez, a polícia de Vinhedo, interior de São Paulo investiga uma possível falha na montanha russa de madeira que segundo um casal de namorados teria destravado no meio do percurso ontem (27).

No boletim de ocorrência registrado pelas vítimas Yuri Barbi de 18 anos e sua namorada de 14, relatam que no meio do trajeto, a trava de segurança que prende o corpo junto ao brinquedo teria ficado frouxa e na seqüência se soltou.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Uma imagem divulgada pelo parque e exibida pela rede de televisão EPTV – Campinas, mostra o jovem possivelmente segurando a trava da namorada evitando assim que a mesma se abrisse.

hopi-hari-1
Reprodução: EPTV Campinas – TV Globo

Léo Leans, empresário no ramo de hotelaria em Jundiaí diz que não duvidava do ocorrido.
“Eu sei das deficiências do brinquedo com 2 anos de antecedência, mas precisou uma menina morrer para ter uma solução” disse.

O Hopi-hari disse que todas as pericias nos brinquedos são feitas pelo próprio parque e por uma empresa internacional e que as mesmas estão em dia.
A polícia esteve no local realizando uma perícia ontem a noite e só deverá divulgar se houve falha ou não no brinquedo no prazo de 30 dias.

Yuri e sua namorada tiveram ferimentos leves no pulso e na boca e foram encaminhados para pronto-socorros da região.
Em entrevista, o jovem disse que vai entrar com uma ação criminal contra o parque.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir