Doria adia volta às aulas presenciais no Estado de SP, mas algumas escolas poderão reabrir já em setembro

- PUBLICIDADE -

O governador João Doria anunciou nesta sexta (07) que a retomada das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do Estado ocorrerá a partir do dia 07 de outubro, quase um mês após a data inicialmente prevista pelo chamado Plano SP, porque as condições impostas para a retomada do ensino presencial não foram cumpridas.

Uma foto de um aluno usando máscara em uma escola
Foto: Reprodução

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“A data foi adiada para 07 de outubro por recomendação do Centro de Contingência do Coronavírus para garantir uma margem de segurança ainda maior para as crianças, adolescentes, professores, gestores e profissionais da rede pública e privada de ensino e, obviamente, para os seus familiares”, disse Doria.

No entanto, de acordo com o governador, as escolas das regiões que estão na fase amarela do plano de flexibilização econômica há 28 dias, serão liberadas para reabrir para recuperação e atividades de acolhimento de alunos, de forma opcional, a partir do dia 08 de setembro. A ideia é mitigar a situação de pais que tenham voltado a trabalhar presencialmente e não tenham como ficar com os filhos.

Ainda de acordo com Doria, as instituições deverão respeitar o limite do número de alunos em sala de aula e os protocolos sanitários. “O retorno escolar é importante, não somente pelo aspecto educacional, mas também pela questão social e de segurança alimentar”, defendeu Doria.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir