Governo de SP diz que controlou rebelião e suspendeu visitas em presídio de Piracicaba

- PUBLICIDADE -

A SAP (Secretaria da Administração Penitenciária), do Governo do Estado de São Paulo, enviou nota há pouco ao Jornal PIRANOT para informar que a situação no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Piracicaba, está controlada.

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Segundo o documento, hoje (12), no início da tarde, presos da unidade solicitaram atendimento para um companheiro de cela, pois supostamente este teria caído do beliche. Ao iniciar os procedimentos de retirada do preso do pavilhão, contudo, os agentes foram ameaçados pelos detentos, que tentaram fazê-los reféns.

Como os funcionários conseguiram impedi-los, trancando o pavilhão, os detentos deram início a um tumulto, queimando colchões. O Grupo de Intervenção Rápida foi acionado e fez a contenção, acabando com o tumulto.

Ainda segundo a SAP, não houve reféns. Os detentos do pavilhão onde aconteceu a ocorrência estão no momento recolhidos e está sendo feita revista na unidade.

Por causa da rebeldida dos presos, a visita deste fim de semana está suspensa, para a devida apuração.

Veja as fotos da rebelião clicando aqui.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir