Após perder pela quarta vez, torcedores do XV exigem demissão do técnico

- PUBLICIDADE -

Com a segunda pior campanha, torcedores protestam após o XV perder pela quarta vez seguida

Foto: Valter Martins / Piracicaba em Alerta
Foto: Valter Martins / Piracicaba em Alerta

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Um grupo de aproximadamente 100 pessoas protestaram contra o técnico do XV de Piracicaba, Roque Júnior, após a quarta derrota seguida do time no Paulistão. O jogo aconteceu na noite dessa quinta-feira (12), no estádio Barão de Serra Negra, na região da Vila Independência. Os torcedores pedem a demissão do técnico.

Segundo as primeiras informações, após o fim do jogo contra o Ituano onde o Nhô-Quim perdeu de 2×1, os torcedores irritados realizaram um protesto dentro e fora do estádio. Não há informações sobre problemas com a polícia.

O time tem a segunda pior campanha entre os 20 times da elite e luta contra o rebaixamento. No Paulistão, dos quatro jogos realizados, o time piracicabano perdeu todos.

Com o resultado o Ituano subiu para sete pontos ficando um ponto do vice-líder. Mesmo com a vitoria o time continua na lanterna do Grupo 1.

O próximo jogo do XV de Piracicaba ocorre contra o RB Brasil, quarta-feira, às 19h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

.

Ffoto: Michel Lambstein / XV de Piracicaba
Foto: Michel Lambstein / XV de Piracicaba

O JOGO:

Nos primeiros 10 minutos de partida, as duas equipes não criaram nenhuma grande oportunidade. A primeira chegada foi do XV. Aos 11 minutos, Chico fez bela jogada pela esquerda, chegou até a linha de fundo e rolou para trás, Tony recebeu já dentro da área e carimbou a defesa adversária. Já o Ituano testou o goleiro Diogo Silva aos 18 minutos, Misael puxou contra-ataque pela esquerda, foi para cima de Clayton e bateu para o gol, Diogo espalmou para escanteio.

Depois disso, nenhuma jogada de perigo na partida e o jogo foi esquentar somente a partir dos 40 minutos em cabeçada do ataque do Ituano após cobrança de escanteio, mas a passou sobre a meta de Diogo Silva. Um minuto depois o XV respondeu, Paulinho fez boa jogada pela esquerda, cruzou na área e a zaga do Ituano quase marcou contra. Aos 42, Wander arriscou da intermediária e Fábio encaixou a bola, no centro do gol.

Porém, quem abriu o placar foi o time visitante. Aos 44 minutos, o centroavante Ricardinho recebeu belo passe e já dentro da área finalizou no cantou direito do goleiro quinzista para fazer 1×0 Ituano. Na sequência, a equipe de Itu balançou a rede do XV mais uma vez, mas o árbitro assinalou impedimento, anulando o que seria o segundo gol do galo.

Disposto a mudar a atuação da equipe, o técnico Roque Júnior fez duas alterações após o intervalo. Fabiano e Daniel Bueno saíram para as entradas de Ednei e David Batista, respectivamente. E logo com um minuto, Éder Sciola cruzou pela direita, Wander dominou, tentou o chute, a bola bateu na zaga e sobrou para Paulinho estufar a rede de Fábio e empatar a partida.

Após a igualdade no marcador, as duas equipes chegavam apenas em lances esporádicos, como aos 14 minutos, quando Misael arrancou pela direita, invadiu a área e bateu cruzado, exigindo boa defesa de Diogo Silva.

Em busca da virada, Roque Júnior promoveu a entrada de Tiago no lugar de Chico. Em seu primeiro lance, o atacante foi para a área em cobrança de escanteio do XV, a bola sobrou para ele, Tiago tentou encobrir o goleiro Fábio que conseguiu dar um tapa na bola e mandar para fora. Aos 36 minutos, Clayton se enroscou com Misael, que chutou para defesa de Diogo Silva, no rebote, Walfrido chutou mas Leonardo Luiz conseguiu evitar o segundo gol do Ituano.

Assim como no primeiro tempo, o jogo ficou quente a partir dos 40 minutos. Após Tiago ganhar disputa dentro da área, a bola sobrou para Paulinho, o meia, porém, dessa vez não conseguiu concluir em gol, a bola bateu na rede pelo lado de fora. Já aos 42, Wander achou David Batista dentro da área em ótima condição, mas o atacante adiantou demais e a bola sobrou para o goleiro Fábio.

O castigo veio aos 45 minutos. O atacante Claudinho driblou Ednei, saiu na cara do goleiro Diogo Silva e bateu forte para marcar o segundo gol do Ituano e sacramentar a vitória da equipe rubro-negra.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir