Com desemprego em alta, PIRANOT volta com coluna de emprego duas vezes por semana

- PUBLICIDADE -

Com o aumento do desemprego no Brasil, o diretor do PIRANOT, Júnior Cardoso, ordenou a volta de uma coluna de empregos fixa no jornal, sempre as quartas e domingos. Ela será assinada por Rafael Fioravantti, que está na empresa desde o ano de 2017.

A imagem é uma foto de Júnior Cardoso, dono e diretor do PIRANOT
Foto: Acervo / PIRANOT

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Segundo Júnior, as notícias de vagas de emprego serão destinadas para Piracicaba e Campinas. “As quartas vamos buscar mostrar as vagas da região de Campinas e, todos os domingos, para a cidade de Piracicaba. O PIRANOT sempre foi muito forte na categoria ‘Mercado de Trabalho’ e vamos voltar a dar destaque a isso neste momento tão delicado para nossos seguidores”, disse.

As vagas de emprego podem ser consultadas sempre na capa do jornal em www.piranot.com. Neste endereço agora tem um espaço fixo chamado “Mercado de Trabalho”. “Nos últimos 2 anos tiramos essa categoria da nossa capa com a diminuição do desemprego no país. Agora é a hora de voltar porque o povo está precisando”, falou Júnior.

Novo PIRANOT

Em 10 de agosto, a Empresa Júnior Cardoso LTDA pretende lançar o novo site do PIRANOT. “É um portal moderno, mais rápido, cheio de novidades. Estou contando os dias”, disse.

O novo site visa atender a demandas do Google, maior parceiro do PIRANOT, aumentar as possibilidades comerciais locais e sanar dificuldades de acesso e lentidão, que são reclamações de leitores.

Troca de logomarca

Pela terceira vez nos últimos 9 anos, o PIRANOT ganhará uma nova logomarca. Ela já está sendo usada nas redes sociais. “Tudo novo, para uma fase nova e maravilhosa!”, disse Júnior esperançoso.

Leia também

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir