Em Piracicaba, morre o pequeno Davi Luís, garoto que sofria de AME 1

Ele faleceu na manhã deste domingo, dia 23

- PUBLICIDADE -

Morreu, neste domingo (23), em Piracicaba, o pequeno Davi Luís – bebê de 11 meses de idade que sofria de AME 1 (Atrofia Muscular Espinhal tipo 1). Ele faleceu por complicações decorrentes da doença.

Uma foto do pequeno Davi Luís, bebê que sofria de AME (Atrofia Muscular Espinhal)
Foto: Acervo Familiar.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A mãe do pequeno Davi Luís usou as redes sociais, no começo da tarde deste domingo, para informar do ocorrido. “Com muita tristeza, muita mesmo, venho hoje informar vocês que meu anjo, meu Davi, faleceu hoje no período da manhã”, escreveu.

O velório do pequeno Davi Luís teve início às 14h30 deste domingo, no Cemitério Municipal da Vila Rezende. O enterro ocorreu às 16h30, na mesma necrópole.

A doença

O pequeno Davi Luís sofria de AME tipo 01, a mais severa. A AME é uma doença degenerativa que compromete a capacidade do corpo de produzir uma proteína específica e essencial para o desenvolvimento e a sobrevivência dos neurônios motores. Atualmente, a medicina classifica a AME em quatro tipos: o pequeno Davi sofria do tipo 1, o mais severo e agressivo. Devido a isso, familiares de Davi corriam contra o tempo para que ele conseguisse tomar o Zolgensma antes dos dois anos de idade. O medicamento custa atualmente cerca de R$ 12 milhões de reais.

Sabendo das dificuldades do garoto, em julho deste ano, policiais da Força Tática e da Rocam arrecadaram cerca de R$ 4.100 reais para o pequeno Davi Luís, além de 1.500 fraldas. Na época, o PIRANOT cobriu este evento com exclusividade.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir