Em Piracicaba, mortes no trânsito caem 53% entre março e julho

Os dados são do Infosiga, sistema que reúne informações de acidentes e mortes no trânsito do Estado de São Paulo

- PUBLICIDADE -

O número de mortes em acidentes de trânsito nas ruas de Piracicaba caiu 53,3% entre março e julho deste ano, na comparação com o mesmo período de 2019. Foram registradas sete mortes neste referido período de 2020, enquanto que, em 2019, foram 15. O número de acidentes com vítima também caiu, sendo 802 em 2019 contra 650 neste ano. Os atropelamentos, por exemplo, caíram de 22, em 2019, para 13 neste ano. Os dados são do Infosiga, sistema que reúne informações de acidentes e mortes no trânsito do Estado de São Paulo.

Em Piracicaba, mortes no trânsito caem 53% entre março e julho
Foto: Divulgação.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os dados também apontam que, de março a julho, o número de mortes de motociclistas caiu 50% aqui em Piracicaba. Em 2019, seis motociclistas morreram no trânsito, enquanto que, em 2020, foram registradas apenas três mortes — uma queda de 50%. As mortes de pessoas em automóveis diminuiu: foram seis em 2019 contra duas agora em 2020, uma queda de 66,6%.

O responsável pela Semuttran, Jorge Akira, destaca a diminuição da mortes de motociclistas. “A Prefeitura, por meio da Semuttran, vem trabalhando para diminuir acidentes. Uma das ações foi campanha de conscientização Você Já Sabe, em 2019, que mirou essa categoria. A outra foi a lei, em vigor, que regulamenta a profissão de motofretista e mototaxista, que exigiu dos profissionais o uso obrigatório de equipamentos de proteção, como colete refletivo, antena corta-pipa e protetores de pernas, visando sua segurança”, explicou Akira.

O secretário também destaca outras ações importantes que contribuíram para evitar acidentes e mortes no trânsito. Entre elas, está a implantação da CIMM (Central Integrada de Monitoramento e Mobilidade), que além de monitorar o trânsito por meio de câmeras nas principais vias da cidade, também controla, em tempo real, os semáforos em 136 importantes cruzamentos da cidade.

Rodovias

As mortes nas rodovias que passam pelo município de Piracicaba também diminuíram em 50% no período de março a julho. Em 2019, foram 10 óbitos — quatro em automóveis, três em motocicletas, dois pedestres e um ciclista. Já em 2020, foram registradas apenas cinco mortes, sendo três pedestres e dois motociclistas.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir