Em Piracicaba, SME e Diretoria de Ensino fazem reunião para discutir retorno às aulas

Juntas, as redes municipal e estadual atendem, em Piracicaba, cerca de 69 mil alunos

- PUBLICIDADE -

Em Piracicaba, a secretária municipal de Educação, Ângela Jorge Corrêa, e o dirigente regional de Ensino, Fábio Negreiros, se reuniram nesta quinta-feira (10) para discutir o possível retorno às aulas presenciais nas redes municipal e estadual de ensino no dia 7 de outubro. Além deles, participaram servidores que atuam na Divisão de Alimentação Escolar, frota, compras, entre outros.

Em Piracicaba, SME e Diretoria de Ensino fazem reunião para discutir retorno às aulas
Foto: LM Otero/AP

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A SME (Secretaria Municipal de Educação) é responsável pelo atendimento de alunos da educação infantil (zero a 5 anos) e do ensino fundamental I (6 a 10 anos), enquanto a Diretoria Regional de Ensino é responsável pelo ensino fundamental 2 e ensino médio. Apesar de serem autônomas, ambas as redes de Piracicaba têm serviços em comum, como é o caso da alimentação escolar e transporte de estudantes. Por isso, é necessário planejamento para que os alunos das duas redes não tenham prejuízo no atendimento, caso seja confirmado o retorno.

As Pastas adotaram uma série de medidas para atender a protocolos que visam dar segurança aos estudantes que forem às escolas.

No âmbito municipal, a retomada obedecerá protocolos de acolhimento, sanitários e pedagógicos, que preveem ações que devem ser adotadas com crianças, pais e comunidade, funcionários, professores e gestores. Os protocolos de retorno foram definidos por comissões e subcomissões, que definiram quais procedimentos serão adotados. No Estado, ações também foram e estão sendo adotadas para receber os alunos.

“A reunião foi produtiva, pois trabalhamos de forma articulada e em parceria em diversas ações, como transporte. É uma reunião importante porque, em algum momento, haverá retorno às aulas presenciais e precisamos estar prontos. Por isso, precisamos discutir ações necessárias e organizar tudo. Fazer isso de forma conjunta é o melhor caminho para que as coisas deem certo”, disse Fábio Negreiros.

Uma nova reunião ficou agendada para daqui dez dias. Apesar dos preparativos que estão sendo adotados, tanto no Estado quanto no município, a volta das aulas presenciais no dia 7 de outubro ainda é tratada como previsão, visto que depende de diversos fatores considerados pelos comitês municipal e estadual que tratam das medidas de combate à pandemia do coronavírus.

Juntas, as redes municipal e estadual atendem, em Piracicaba, cerca de 69 mil alunos.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também