Estupro cresce até 1.600% em cidades da região

- PUBLICIDADE -

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Segurança Pública parece ser a grande dificuldade do governo de Geraldo Alkiminn e seus antecessores nas últimas duas décadas, todos do PSDB. Só a área acompanhada pelo PiraNOT registrou nos primeiros cinco meses deste ano quase 200 casos de estupro. O dado mais preocupante ocorre em Americana – SP onde o crime teve crescimento de 1.600% em relação ao mesmo período do ano passado.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Especificamente na região de Piracicaba – SP, que tem nove cidades acompanhadas diariamente pelo portal de notícias, dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo dizem que foram registrados 88 casos deste crime. A cidade que lidera a lista é Limeira – SP com 28 casos seguida por Rio Claro – SP com 23, Americana – SP com 17 e Piracicaba com nove. Embora Americana, Limeira e Rio Claro serem cidades menores que Piracicaba, a criminalidade não acompanha os índices habitacionais conforme mostram os números.

Outras cidades da região de Piracicaba aparecem na lista, mas com números menores. É o caso de São Pedro – SP que teve seis casos seguida por Rio das Pedras – SP com três. Santa Bárbara do Oeste – SP teve um caso, já Capivari – SP, Iracemápolis e Saltinho – SP foram as únicas que não tiveram nenhum registro.

Na região de Campinas – SP os números também são grandes. Só Campinas teve 87 casos seguida por Indaiatuba – SP com 18 e Sumaré com cinco.

Em contas rápidas, em Campinas, é como se nos cinco primeiros meses deste ano, a cada 11,4 mil habitantes um foi estuprado. Em Americana isso ocorre a cada 12,3 mil pessoas. Já em Limeira e Rio das Pedras, por exemplo, a cada 9,8 mil munícipes um acaba sendo vítima. Em Rio Claro o dado é ainda mais grave. Na cidade azul, a cada 7,7 mil pessoas uma é estuprada. Em contra-partida, em Piracicaba, existe uma média de um caso para cada 44 mil habitantes.

Vale lembrar que estima-se que Campinas tenha um milhão de habitantes contra 398 mil de Piracicaba, 276 mil de Limeira, 210 mil de Americana e 178 mil de Rio Claro.

Os dados são alarmantes pois mostram que a criminalidade cresce com mais força nas pequenas cidades o que faz com que a população tenha que passar a exigir do governador a contratação de mais policiais, além de coloca-los na rua afim de combater a criminalidade.

….
QUEDA NOS NÚMEROS – Em relação ao ano passado, Piracicaba teve queda nos cinco primeiros meses de 2015 nos casos de estupro. Foram 11 casos contra nove registrados este ano. Uma queda de 18%. Em Limeira também houve queda no período comparado de 12,5% saindo de 32 registros para 28.

….
AUMENTO NOS NÚMEROS – Rio Claro teve aumento de 109% nos números de estupro nos cinco primeiros meses do ano em relação ao mesmo período do ano anterior. O número de 2014 apontava 11 casos contra 23 este ano. No ano todo havia sido registrado 29 casos.

Em Americana onde 17 casos foram registrados até agora, no ano passado apenas um havia acontecido. Por tanto, houve crescimento de 1.600%.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir