“Hipertensão é uma doença grave e que evolui no passar do tempo”, diz cardiologista ao PIRANOT

Nesta quinta-feira (03), o cardiologista Eduardo Minniti concedeu uma entrevista ao PIRANOT, onde falou sobre hipertensão. Confira!

- PUBLICIDADE -

Na noite desta quinta (03), o cardiologista Eduardo Minniti, do Grupo São Francisco, concedeu uma entrevista ao Jornal PIRANOT, onde aproveitou para falar um pouco sobre hipertensão — a famosa pressão alta. Segundo o médico, o problema está cada vez mais comum e requer cuidados.

“A imensa maioria das pessoas não manifesta sintomas, e por isso ela só vem a descobrir que está com pressão alta quando começam a aparecer outros problemas”, explicou Minniti. “Contudo, os sintomas mais comuns da hipertensão são dores de cabeça (pressão na nuca) e vertigens. Às vezes, a pessoa nunca teve nada e, de repente, começa a acordar com uma certa tontura, atordoação. Estes casos requerem atenção, pois podem significar que talvez a pressão esteja um pouco alta.”

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A hipertensão é uma doença grave e que, com o passar dos anos, tende a evoluir, trazendo diversos transtornos ao organismo da pessoa — principalmente se ela não souber que carece do problema. Nesses casos, problemas na circulação cerebral, na circulação dos rins, e, em casos mais graves, até na circulação do coração podem vir a acontecer, levando o paciente até a casos de AVC (Acidente Vascular Cerebral).

“Não existe uma faixa etária para a manifestação da doença, porém ela geralmente costuma afetar pessoas acima dos 35 anos; em especial, homens”, explica o cardiologista. Confira, logo abaixo, a entrevista que Eduardo Minniti concedeu ao Jornal PIRANOT.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Tema da coluna MOMENTO SAÚDE de hoje foi hipertensão

Uma publicação compartilhada por PIRANOT (@piranot) em

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir