Jovem sai do trabalho e desaparece em Piracicaba; família está desesperada

- PUBLICIDADE -

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

Pouco mais de duas horas após o corpo de Laís Moura Guido ser encontrado queimado na zona leste de Piracicaba, a família da atendente Thamyres Cheffer Fernandes Rodrigues, de 27 anos, moradora de Saltinho, passou a procura-la. Ela trabalhava em uma clínica no centro de Piracicaba quando saiu ao meio dia e desapareceu.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Segundo uma amiga de igreja, que lidera as buscas pelas redes sociais, Tata Ferraz, estudante de 22 anos, fazia pouco tempo que Rodrigues estava neste emprego. “Ela estava feliz, faziam três meses que ela estava no trabalho e dizia estar gostando muito” disse.

Rodrigues e Ferraz faziam parte do grupo de dança e coral da Igreja Evangélica Olhar que Vivifica. “Ela é casada com presbítero da igreja e fazia parte do grupo de dança e cantava as vezes no grupo de louvor” disse.

Até agora o que os amigos sabem é que a jovem saiu do trabalho ontem (17) ao meio dia e não retornou para casa. “O marido diz que ela estava bem sem problemas nenhum, mas infelizmente até agora não retornou” contou a estudante.

Parte da família da desaparecida que mora na capital estão em Piracicaba e Saltinho ajudando nas buscas. Outra parte está se mobilizando para vir nas próximas horas.

ATUALIZAÇÃO – A jovem foi encontrada com vida nesta segunda-feira. 48 horas após seu sumiço. Leia mais clicando aqui.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir