Juiz dá prazo de 48h para reabertura total do comércio de Piracicaba

- PUBLICIDADE -

Na noite desta terça-feira (19), o Juiz de Direito, Dr. Wander Pereira Rossette Júnior, autorizou a reabertura de todos os comércios da cidade de Piracicaba. Na decisão, ele determina que o “Sr. Prefeito de Piracicaba inicie, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, medidas necessárias para que todos os estabelecimentos comerciais voltem a funcionar, em todas as áreas, com as cautelas recomendadas pelos órgãos de saúde, sob pena de apuração de eventual crime de desobediência e fixação de multa diária.”

Juiz dá prazo de 48h para abertura total do comércio de Piracicaba
Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“As medidas impostas pelo Poder Público para combate ao Covid-19, mediante o fechamento do comércio, dito não essenciais, com o objetivo de conter a circulação de pessoas para maior efetividade do isolamento social, trouxe impactos de grande monta para toda a população”, afirmou o Juiz no documento. “Em relação as questões de prevenção, diversas recomendações e providências vem sendo determinadas, especialmente no tocante à desinfecção, à higienização, ao distanciamento, ao uso de máscaras, à limitação do número de pessoas nos estabelecimentos comerciais autorizados”, entre outras.

Nesta segunda-feira (18), a Câmara de Vereadores de Piracicaba votou e aprovou autonomia municipal durante esta pandemia, por meio do Projeto de Emenda à Lei Orgânica 1/2020. O debate girou em torno na diminuição dos efeitos da pandemia na economia local. Aprovado com unanimidade, o único voto contrário foi da vereadora Nancy Thame.

“No caso específico de Piracicaba, a Câmara Municipal, com grande sensibilidade e urgência, na data de ontem, aprovou o projeto de emenda a Lei Orgânica Municipal conferindo ao Executivo Municipal a já sabida autonomia para decidir sobre o funcionamento do comércio e demais atividades”, explicitou ainda o Juiz no documento.

O pedido de abertura do comércio local foi solicitado pela Associação Comercial e Industrial de Piracicaba (Acipi). Para a Acipi, o cenário de pandemia em Piracicaba se encontra em situação favorável e controlada do município, se comparada a outros municípios de mesmo tamanho. “A maioria dos casos confirmados ocorreram devido a contaminação registrada em dois asilos da cidade”, apontaram.

A Acipi diz ainda que economia encontra-se com um “cenário abalado, catastrófico (que requer extrema sensibilidade do órgão julgador) estando as atividades econômicas absolutamente ameaçadas.”

https://www.piranot.com.br/noticias/governo-estima-perda-de-r-20-bilhoes-no-pib-para-cada-semana-de-isolamento/

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir