PM morre atropelado por trem durante perseguição a bandidos

- PUBLICIDADE -

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O soldado Rogério Ferrari Muchon, de 32 anos, que fazia parte da Rocam, órgão da Polícia Militar, morreu após um grave acidente no final da noite de ontem (12). Ele foi atropelado por um trem quando perseguia um carro com suspeitos em Hortolândia.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O soldado não teria percebido a chegada da locomotiva com 70 vagões e tentou atravessar a linha férrea quando foi atingido e arrastado por 30 metros. A sua motocicleta foi jogada longe.

Muchon chegou a ser socorrido e levado em estado grave pelo Samu ao Hospital Mário Covas, mas não resistiu.

Segundo testemunhas, o soldado estava com mais dois policiais e bem a frente dos colegas quando se acidentou. Os amigos ficaram em estado de choque.

Muchon era casado e deixa uma filha de três meses. Seu corpo será sepultado às 16 horas deste sábado no Cemitério da Saudade de Sumaré.

.

Qual sua opinião sobre essa notícia?

 

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir