Por meio da Sedema, Prefeitura de Piracicaba investiga venda irregular de mudas

“Fiquei indignada ao saber que algumas pessoas estão fazendo isso! É uma falta de bom senso, uma atitude de má-fé”, lamentou a engenheira agrônoma responsável pelo Viveiro Municipal de Piracicaba

- PUBLICIDADE -

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), informou que identificou recentemente um caso de prática irregular de comercialização de mudas de árvores frutíferas — produzidas e distribuídas gratuitamente pelo Viveiro de Mudas, com propósitos ambientais — num site de compra, venda e troca de produtos. Pela internet, um munícipe estava vendendo um lote de oito mudas do Viveiro a R$ 49,99 reais.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O munícipe solicitou as plantas por meio do SIP 156, no dia 27 de julho, com a justificativa de que as mudas seriam plantadas em um sítio no bairro Paredão Vermelho. Por isso, foram doadas a ele 20 mudas de árvores frutíferas: acerola, ameixa, cajamanga, goiabeira, jambinho, pitanga-preta, cereja-do-Rio-Grande, limão-rosa, uvaia, araçá-vermelho e graviola. Após a retirada, uma parte do lote foi anunciada foi colocada à venda por outra pessoa numa postagem no referido site, com a chamada “Promoção 8 mudas por R$ 49,99”.

“Fiquei indignada ao saber que algumas pessoas estão fazendo isso! É uma falta de bom senso, uma atitude de má-fé. Infelizmente, a gente se sente enganada”, lamenta Clementina Rossin, a engenheira agrônoma responsável pelo Viveiro Municipal. Ela informou também que disse estar estudando formas de detectar e evitar esse tipo de situação no futuro.

Viveiro de Mudas

Instalado desde 1995 numa área de cerca de 70 mil m², no bairro Santa Rita, o Viveiro de Mudas produz cerca de 110 mil mudas por ano.

Uma porção dessas mudas é destinada à arborização urbana (plantio em calçadas, canteiros, parques e áreas verdes), enquanto que outra parte é gratuitamente doada à população — por exemplo, donos de sítios e chácaras para o plantio em suas propriedades. Após o episódio, o Viveiro de Mudas limitou o número de doações em 10 mudas por pessoa e a solicitação também deve ser feita pelo SIP 156.

Por meio de uma parceria com o Consórcio PCJ, o Viveiro Municipal fornece ainda cerca de 50 mil mudas para o reflorestamento e a preservação de matas ciliares da Bacia do PCJ, dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir