Prefeitura de Piracicaba desmente fake news sobre cadastro on-line para cesta básica

A notícia de que a Prefeitura está realizando cadastro on-line para fornecimento de cestas básicas e vale alimentação de R$120 está circulando no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

A Prefeitura de Piracicaba informou, na manhã desta terça-feira (15), que é fake news a notícia que vem circulando nas redes sociais, principalmente no WhatsApp, de que a Prefeitura está realizando cadastro on-line para fornecimento de cestas básicas e vale alimentação de R$120. Isso não procede.

Uma foto da fachada da Prefeitura de Piracicaba
Foto: Wagner Romano / PIRANOT

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A nota que circula nas redes é uma sucessão de erros, a começar pelo nome da secretaria — na nota falsa diz Secretaria de Assistência Social. Em seguida, a nota falsa informa também um site, sendo o << https://prefeitura.meucadunico.com >>. Este site não corresponde com os endereços oficiais da Prefeitura de Piracicaba e trata-se, possivelmente, de uma forma de obtenção criminosa de dados pessoais.

“A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Smads), volta a orientar a população a não acreditar em tudo que recebe pelas redes sociais. Procure sempre os veículos oficiais da Prefeitura para checar a veracidade das informações”, informou a Prefeitura de Piracicaba por meio de uma nota oficial. E na dúvida se a informação é (ou não) verídica, não passe para frente.

Campanha em tempos de Covid

Desde o final de março, a Prefeitura de Piracicaba realiza a Campanha Em tempos de Covid, pedindo à população que doe alimentos, produtos de higiene e limpeza e fraldas para atender famílias afetadas pela pandemia do novo Coronavírus.

Contudo, o cadastro das famílias afetadas é feito nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), distribuídos na cidade. Assim que o cadastro é realizado, é verificada a necessidade desta família. A entrega é feita ao beneficiado ou a uma pessoa autorizada por ela em até dois dias úteis, desde que esteja com o documento oficial, com foto do beneficiário, no Banco de Alimentos, do Fundo Social de Solidariedade.

Desde março até final de agosto, já foram arrecadadas 240 toneladas de alimentos e já foram distribuídas 9 mil cestas e 7500 kits de limpeza.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir