Prefeitura de Piracicaba renova convênio com Caphiv para apoio a portadores de HIV/AIDS

O objetivo do convênio é proporcionar serviços de acompanhamento, atenção e promoção à saúde desses pacientes, além de reintegração social e familiar

- PUBLICIDADE -

A Prefeitura de Piracicaba renovou convênio com o Centro de Apoio aos Portadores de HIV/AIDS e Hepatites Virais (Caphiv) para o desenvolvimento de suas atividades no município. Serão repassados o total anual de R$ 222 mil, em 12 parcelas iguais.

Com esses recursos são mantidas 25 acomodações aos seus pacientes, sendo 20 do tipo II (destinadas aos que apresentam maior grau de dependência) e outras 5 do tipo I (para aqueles com maior grau de autonomia). O objetivo do convênio — Lei Nº 9.251, de autoria do Executivo — é proporcionar serviços de acompanhamento, atenção e promoção à saúde desses pacientes, bem como de reintegração social e familiar dos mesmos, incluindo acomodação de longa permanência na Casa de Apoio à Vida Capvida, dependendo do vínculo familiar de cada um.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A proposta da entidade, além do acompanhamento acima citado, é incentivar a participação da sociedade no enfrentamento das epidemias, fomentando ações que contribuam para a prevenção e controle da AIDS e das Hepatites no município.

As ações do Caphiv são realizadas conjuntamente com o Centro de Doenças Infectocontagiosas (Cedic) e monitoradas pelo Programa Municipal de DST/AIDS e pelo Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS, da Secretaria de Estado da Saúde.

“Trata-se de uma parceria de extrema importância, que leva cuidados gerais aos pacientes com a doença já em estado avançado, muitos deles acamados. A parceria é relevante não só no tratamento, mas também para a qualidade e bem-estar do atendido, considerando todas suas particularidades”, explicou o Dr. Pedro Mello, secretário municipal de Saúde.

A unidade atende hoje 25 pacientes, sendo 5 tipo I e 20 tipo II. Todos recebem apoio de equipe multidisciplinar, com enfermeiras, assistentes sociais, nutricionista, médicos, fisioterapeuta, musicoterapeuta, entre outros especialistas.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir