Segurança vê carro de Aline Furlan em rodovia com três homens

- PUBLICIDADE -

Um homem afirma ter visto o carro da modelo Aline Furlan em uma rodovia de Mogi Guaçu, próximo a Piracicaba. Segundo ele, o veículo estava no acostamento e três homens mexiam no pneu. Ele anotou a placa e passou para a polícia que o informou se tratar do carro da jovem.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em entrevista ontem (29), ao “Brasil Urgente”, da TV Bandeirantes, a testemunha afirmou que deverá prestar depoimento na semana que vem para os investigadores que estão cuidando do caso Aline. A entrevista com ele pode ser assistida no topo desta reportagem.

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

O desaparecimento de Aline completou ontem 15 dias e caminha para ser mais um caso sem resposta, assim como o do advogado criminalista Daniel Gimenes no dia 18 de dezembro de 2015 e o do João Victor, criança de quatro anos morador do bairro Santo Antônio desde o dia 12 de março deste ano, por exemplo.

Atualmente a DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Piracicaba não descarta nenhuma possibilidade e está apurando desde a hipótese da jovem ter fugido, devido aos processos na justiça, como também dela ter sido vítima de algum crime grave ou acidente de trânsito. Essa última está praticamente descartada já que o helicóptero Águia, da Polícia Militar, fez buscas em um raio de 130 km no entorno de Piracicaba e nada encontrou.

Ao refazer anteontem o caminho da cachaçaria até a casa da modelo, os investigadores encontraram imagens que mostram o carro de Aline com ela sozinha dentro passando na rua de trás de sua casa às 06h15 da manhã. O último contato dela foi às 03 horas da manhã em uma ligação para o ex-namorado. A nova pista intrigou ainda mais a polícia.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir