“XV de Piracicaba está na UTI”, diz Capitão Gomes sobre time da cidade

.

- PUBLICIDADE -

O XV de Piracicaba, centenário time de futebol da cidade, está internado na UTI em estado gravíssimo e precisa de uma transfusão de sangue violenta, do contrário vai morrer. Quem comentou isso foi o vereador Capitão Gomes. Segundo o parlamentar, a cidade precisa abraçar mais o time, pois o XV, mais do que um time de futebol, é patrimônio da cidade.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Foto: Fabrice Desmonts.

Capitão Gomes fez o comentário na segunda-feira (07), durante a 25ª reunião ordinária, onde ele aproveitou também para explicar a situação financeira do time. De acordo com ele, o jogador Paulinho foi transferido, no início de 2012, para o futebol búlgaro e, depois, o XV foi penalizado pela Fifa — como devedor solidário — a quitar uma multa total de R$ 520 mil reais — do contrário, o time poderá ser rebaixado automaticamente para a Série A3 ou até mesmo para a Quarta Divisão.

“O prazo máximo é a próxima sexta-feira, dia 11”, comentou ele. “A solução que vejo neste momento é apelar aos comerciantes, lojistas, profissionais liberais, funcionários da Casa, prefeito. Precisamos vender seis mil camisas e pagamos isso aí”.

Ainda durante a reunião ordinária, Capitão Gomes se adiantou em dizer que já teve uma conversa com as diretorias da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba) e da Simespi (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, Eletrônico, Siderúrgicas, Fundições e Similares de Piracicaba e Região).

O discurso do parlamentar foi endossado pelos vereadores Ronaldo Moschini e também por Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana.

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir