XV de Piracicaba lamenta morte de Amauri, ex-ponta-direita do clube

- PUBLICIDADE -

O XV de Piracicaba divulgou uma nota oficial lamentando a perda de mais um ex-jogador importante na história centenária do clube. Faleceu ontem (20), aos 78 anos, o ex-ponta-direita Amauri, que defendeu o XV entre 1967 e 1970, vencendo o Campeonato de Acesso (atual Paulistão A2) de 1967.

Amauri é o segundo, da esquerda para a direita, agachado. Foto: Divulgação.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Amauri marcou duas vezes na vitória por 4 a 3 sobre o Bragantino, no Pacaembu, na partida que deu o título ao XV de Piracicaba, já nos primeiros dias de 1968.

Outro grande feito realizado por essa equipe foi a conquista da Taça dos Invictos, em uma arrancada de 25 partidas sem derrotas ao longo da competição. O troféu era oferecido pelo jornal A Gazeta Esportiva ao time que alcançasse a maior série invicta em jogos oficiais no torneio estadual.

Nascido em Marília, o ex-atleta ainda atuou pelo Santos, Flamengo, Atlas do México, entre outros clubes. O enterro aconteceu no Cemitério Memorial Vicentino, em São Vicente.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir