Pintor de 45 anos morre em obra após queixar-se de fortes dores de cabeça

- PUBLICIDADE -

Um pintor de 45 anos morreu na tarde desta quinta-feira (14), em um condomínio de Limeira (SP), após queixar-se de dor de cabeça. O caso ocorreu por volta das 13h30, no bairro Jardim do Lago.

De acordo com as primeiras informações, o pintor de 45 anos estava trabalhando no condomínio desde a manhã de hoje, já queixando-se de fortes dores na cabeça. No início desta tarde, seu quadro de saúde piorou e o pintor começou a passar mal na obra.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Trabalhadores que estavam junto com ele na obra acionaram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). O resgate compareceu no local, porém, por conta da gravidade da situação, a USA (Unidade de Suporte Avançado) também precisou ser acionada logo em seguida. O pintor chegou a receber os primeiros socorros, porém não resistiu e faleceu ainda no local.

Informações referentes à identidade e velório da vítima serão divulgadas em breve, aqui no Jornal PIRANOT.

**** Com informações do Rápido No Ar

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir