Mulher de 44 anos denuncia a própria enteada à Polícia Civil por injúria racial

- PUBLICIDADE -

Uma mulher de 44 anos compareceu no Plantão Policial por volta das 21h47 desta segunda-feira (27), na companhia do marido de 65 anos, para denunciar sua enteada por crime de injúria racial. O caso ocorreu em Rio Claro (SP).

A vítima relatou que é ofendida verbalmente pela filha de seu companheiro já há mais de 20 anos. Segundo ela, sua enteada de 41 anos nunca a chama pelo nome, apenas por termos como “negra, macaca e mendiga.” A vítima disse não aguentar mais as humilhações e que por isso decidiu denunciar as ofensas à Polícia Civil do município.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Na delegacia, a vítima foi orientada quanto ao prazo decadencial de seis meses para fazer um representação contra a enteada, visto que o caso trata-se de crime de injúria racial, conforme rege o Artigo 140 do Código Penal Brasileiro.

 

*** Com informações do Grupo Rio Claro

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir