Tiro acidental mata jovem de 19 anos em baile funk clandestino

- PUBLICIDADE -

A jovem Gabrielli Mendes, de 19 anos, morreu após levar um tiro acidental dado por um guarda civil municipal, na madrugada deste domingo (02), em Rio Claro. A tragédia ocorreu durante uma ação para dispersar aglomeração em um baile funk.

Uma foto da vítima de 19 anos que morreu com um tiro acidental em Rio Claro
Foto: Reprodução / Facebook.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com informações da Polícia Civil, moradores da região do bairro Jardim Panorama, em Rio Claro, ligaram para a Guarda Civil Municipal (GCM) a fim de reclamar do barulho de um baile funk que acontecia irregularmente no bairro. Os guardas foram até o local a fim de dispersar a aglomeração, porém foram recebidos com garrafadas.

Um guarda civil de 51 anos, que estava com uma arma de fogo calibre 12, foi manusear a arma para colocar uma bala de borracha, porém o armamento acabou disparando acidentalmente atingindo Gabrielli Mendes na altura do peito. Além de Gabrielli, um homem de 29 anos também ficou ferido.

A ocorrência foi apresentada no Plantão Policial de Rio Claro, na Rua Doze. O guarda foi autuado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e ainda prestará esclarecimento do ocorrido.

O corpo de Gabrielli Mendes foi velado no Velório Municipal e sepultado ainda no fim da tarde deste domingo (02), no Memorial Parque das Meninas, em Rio Claro, na região de Piracicaba (SP).

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir