Até que enfim, CBF irá reduzir “os altos salários” de jogadores de futebol

- PUBLICIDADE -

O presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, afirmou nesta quinta-feira que as propostas do movimento de atletas Bom Senso FC terão um efeito colateral para os próprios jogadores. Segundo ele, caso o chamado “fair play financeiro” seja posto em prática, haverá uma redução dos salários no futebol brasileiro. “Os salários milionários vão acabar”, disse.

A afirmação foi feita após uma reunião na sede da CBF nesta quinta-feira. No encontro, presidentes do Flamengo, Internacional, Vitória e do próprio Coritiba conversaram com o vice-presidente da entidade máxima do futebol nacional, Marco Polo Del Nero, sobre uma “moralização” das contas dos clubes.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Conforme pediu o Bom Senso FC, os clubes aceitaram o estabelecimento de punições para agremiações que não pagam em dias suas contas ou salários – o chamado fair play. Isso, segundo Vilson, vai fazer com que os times sejam mais criteriosos na hora de fazer contratações caríssimas e até na relação com seus atletas.

“Queremos moralizar a relação clube-atleta, mas não é só para o lado do clube”, complementou. “O atleta também que se cuidar, estar apto fisicamente para jogar. Tem muito jogador que gosta de receber muito, mas joga pouco.”

O presidente do Internacional, Giovanni Luigi, ratificou que o fair play deve trazer mudanças nas contas dos clubes. Ele afirmou que o Inter tem suas contas em dia. Outros clubes, entretanto, devem reduzir sua folha salarial para poder arcar com seus compromissos e não ficar de fora de competições. Para eles, os tetos salariais vão mudar. “Esse é um rumo para que tenhamos mais responsabilidade.”

Acabou a moleza, os dirigentes acordaram e pode perceber que os altos salários não compensa mais!

Os times brasileiros pagam muito para que “pessoas” no caso aqui (jogadores), recebam muito para nada.

Hoje existe uma desigualdade fora de série, onde uns tem muito, e muitos outros tem pouco, e tudo isso só para correr atrás de uma bola.

Meninos sonham em um dia ser jogador de futebol, promessas sempre coloca em jogo o sonho desses garotos, são pessoas que querem lucrar em cima e com isso iludem os garotos e pais para tirar proveito da situação.

Agora com o novo acordo entre os clubes, vamos ter um futebol mais justo.

Quem quiser sair do Brasil para jogar fora, que vá! mas por aqui acabou a moleza!!!.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir