“Homem tem AVC a espera de vaga em hospital: Como Piracicaba chegou a isso na Saúde?”

.

- PUBLICIDADE -

Agrava a situação do SUS (Sistema Único de Saúde) em Piracicaba. Ontem (05), a leitora Janaina usou as redes sociais de interação do PIRANOT para denunciar que seu pai está internado há três dias na UPA do Piracicamirim, onde deu entrada com pneumonia, e seu quadro agravou até que ele teve um AVC, mas mesmo assim o homem ainda não conseguiu vaga em um hospital.

Foto: Facebook

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A publicação chocou e revoltou nossos seguidores atingindo, em 15 horas, mil likes, 200 compartilhamentos e quase 400 comentários.

O que chama a atenção em Piracicaba é que estamos reféns de um sistema absurdo. Só temos hospitais filantrópicos, ou seja, “não há nada público”, mas sim caridade da Santa Casa e do Hospital dos Fornecedores de Cana que abrem suas portas para atender a população local. Sim, eles recebem pelos procedimentos, mas são entidades sem fins lucrativos que, a qualquer momento, podem deixar de atender pelo SUS. Até porque, nesta crise, estamos (Prefeitura) devendo dinheiro para eles.

O mais absurdo e o que mais me indigna é o quanto Piracicaba é desrespeitada e humilhada em nível estadual. Olhemos as vizinhas Sumaré e Santa Bárbara, ambas menores, mas que tem hospitais públicos. Quando o estado diz olhar por nós, constrói o que a imprensa nacional chama de “Hospital fantasma” (Hospital Regional), promessa de campanha de Geraldo Alckiminn que se elegeu várias vezes dizendo que o faria. A dúvida é: na campanha do ano que vem para reeleição ele vai prometer de novo?

O bem da verdade é que, nos quase 250 anos de existência de Piracicaba, poucos prefeitos olharam para a saúde e a maioria só arrastou o problema para frente. Foi cômodo depender da filantropia da Santa Casa e do Fornecedores de Cana. Neste tempo tivemos aproximadamente 60 mandatos de prefeito e em nenhum deles daria para executar um projeto para hospital municipal?

Veja também

“Mãe”

Que Deus olhe por Piracicaba e que o prefeito Barjas, que já mostrou que está atento aos problemas das pessoas mais humildes com várias ações nas nossas esquecidas favelas, consiga convencer nosso governador a dar mais atenção para nossa cidade. Precisamos dele operando urgentemente.

.

JÚNIOR CARDOSO – jornalista, editor-chefe e diretor do site PIRANOT.

.

VOCÊ NO PIRANOT – Para participar da coluna “Opinião do Leitor” envie sua carta para [email protected] com o nome da coluna no campo assunto.

O PIRANOT não se responsabiliza pelo conteúdo e opiniões contidas nesta coluna, assim como elas não refletem necessariamente a posição e a linha editorial do portal de notícias. Elas são de total responsabilidade de quem a escreveu.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir