Hopi Hari tem pedido de recuperação aprovado

- PUBLICIDADE -

Foto: Grupo Unidas
Parque de Diversões tem pedido de recuperação judicial aprovado. (Foto: Grupo Unidas)

Foi aprovada, nesta quarta – feira (26), o pedido de recuperação judicial solicitado pelo parque de diversões Hopi Hari, de Vinhedo (SP).

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A solicitação, que é uma espécie de tempo para que a empresa possa se organizar, e assim quitar as dividas, foi realizado em agosto deste ano. Junto com a decisão, foi determinado também o congelamento das ações e execuções contra o estabelecimento por seis meses, exceto as que demandam quantias ilíquidas, fiscais e ações trabalhistas, para que as atividades sejam retomadas.

Nesta mesma decisão, a Justiça também determinou que os credores tem que ser notificados em até 15 dias para apresentação de habilitações ou divergências. Além disto, o Hopi Hari tem que, mensalmente, apresentar as contas, sob pena de exoneração dos administradores.

A partir de hoje, a administração do parque terá que apresentar um plano de recuperação, na qual terá que ser aprovada pelo parque. A última vez que o parque abriu foi no dia 12 de outubro.

RELEMBRE O PEDIDO
No mês de agosto, o Hopi Hari entrou com um pedido judicial, a fim de evitar falência do parque de diversões, e tentar conseguir investidores, para quitar uma divida de R$330 milhões, todas envolvendo credores.

Daltro Borges, advogado do parque, afirmou que ao menos 50% da dívida do local era com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e, por isso, sem a recuperação judicial, ficaria impossível ter acesso às linhas de crédito e o grupo seria obrigado a decretar falência.

 

Por Tha Meitling

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir